Embrace – Filme

Não sei se alguém de vocês aqui já assistiu ao filme/documentário “Embrace” , mas se ainda não viu, pare por cerca de 1 hora e veja.

Esse filme estava na minha lista de filmes para assistir doNetflix e no meu voo de volta de Fortaleza para o Rio, decidi que era a hora (para quem não sabe, no app do Netflix você pode fazer downloads de filmes e séries e assistir offline); #ficaadica

A única coisa que sabia a respeito desse documentário é que era sobre a relação das mulheres com seu próprio corpo.  Até aí, ok. Inúmeras revistas, sites e programas de tv abordam esse tema atualmente, mas não sabia que seria tão rico em informações e histórias de vida.

A minha ideia não é fazer spoiler do filme aqui, mas sim, alertar mais uma vez para o fato de como temos a nossa auto imagem completamente distorcida e devastadora de nós mesmas. E por que? Porque os meios de comunicação nos faz acreditar que o padrão de beleza perfeito é ser alta, magra, linda, de olhos claros e bem sucedida? Isso é ser perfeita? Será mesmo?

Esse documentário mostra histórias reais de conquista pelo corpo perfeito que não levou a felicidade plena, história de anorexia, de superação, de mulheres sem seios, com deficiências físicas e ainda assim completamente lindas. São lindas pelo simples fato de serem mulheres e estarem felizes por dentro e por fora. Por passarem a se aceitar e se amar exatamente como são;

Tem também aquelas que ainda estão no processo de se amarem, assim como eu tento diariamente.

E uma das coisas que o filme mostra é que mulheres muito bem sucedidas e famosas, aquelas que vemos na tv, cinema e revistas, muitas vezes são infelizes, simplesmente por pressão externa, cobranças mil e por terem suas vidas julgadas a todo instante. Por que permitimos isso? Será que no mundo existe alguém 100% perfeito? Por que nós mulheres não apoiamos mais umas às outras ao invés de nos agredirmos com olhares e muitas vezes palavras culposas e agressivas?

Eu estou nesse meu processo de me criticar menos e me amar mais, mas confesso que não é fácil. pelo contrário, é difícil pra caramba deixar o olhar crítico e julgador pra trás. Mas, como eu disse, é um processo.

Então fica aqui minha dica de filme que todos, sim TODOS deveriam assistir, não apenas nós mulheres, mas homens também para aprenderem que não somos loucas ou dramáticas, mas sim pessoas que vivem sobre pressões diárias, pois muitos deles não entendem.

E aproveito para deixar outras duas dicas, um outro filme que assisti ontem, nacional, chamado “Gostosas, lindas e sexies” e acompanharem o grupo “Um papo sobre autoestima”, criado pelas amigas Carla Paredes e Joana Canabrava, que estão fazendo um trabalho incrível com mulheres reais em prol do “se ame como você é”.


Carla e Joana – Um papo sobre autoestima

Beijoss,

Karine Dali

Rua dos Biquínis – Cabo Frio (RJ)

Ahhhhh, o verão!!!!! Estação do ano que eu mais gosto. Sol quase o dia todo, dias lindos e gente bonita e bronzeada. Mas, peraí, a primavera acabou de começar…. Mas tudo bem, o sol jã está com tudo e as praias lotadas. Eu mesmo vim passar umas mini férias aqui em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos aqui no Rio, cidade onde venho desde que era criancinha.

Aqui o sol rola o ano todo e o que mais vemos são biquínis, sungas, saídas de praia e cangas por todos os lados. Um prato cheio para quem gosta dessas peças de vestuário como eu. Todo ano me dou o prazer de comprar alguns biquínis novos, então, vamos às compras!

Em Cabo Frio, cidade ao lado de Arraial do Cabo, há mais ou menos 15 minutos de carro, tem a famosa Rua dos Biquínis, uma espécie de centrinho de compras com várias lojas de moda praia para todas as idades e algumas também de moda fitness. Fui até Cabo Frio então.

Na Rua dos Biquínis, em Cabo Frio (RJ)

Precisava comprar biquínis e um maiô, pois em outubro irei passar férias em Fortaleza e precisava de um para ir ao Beach Park. E meu namorado também precisava comprar sungas. Bem, primeiro saí olhando as lojas todas, entrando em todas em que me chamavam a atenção e vendo modelos, pesquisando preço e tal. Vendo que ps preços estavam bem melhores dos que no Rio, decidi então sair experimentando e efetivamente comprando.

Os preços aqui realmente valem a pena, em média a metade, em algumas vezes até 1/3 do preço, que encontro nas lojas bacanas e de boa qualidade aqui do Rio. Ou seja, ponto positivo!

Outras coisa que gostei bastante é que em todas as lojas as peças são vendidas separadamente, ou seja, você pode escolher o melhor modelo de sutiã e calcinha pra você. Por exemplo, eu tenho seios grandes, nem sempre consigo encontrar um sutiã que eu ache bacana para mim com o modelo de calcinha que gosto. Aqui não tem esse problema. E isso também nos dá a opção de comprar, por exemplo, uma parte de baixo e duas de cima e por aí vai.

Biquínis que comprei: estampado – Kyni / liso + estampado – Cor de Jambo

O que eu tive dificuldade de comprar foi maiô. Experimentei vários e já estava quase desistindo. Não curto muito esse tipo de roupa de praia, mas precisava de um para ir a um parque aquático em Fortaleza. Logo, não tinha jeito, teria que encontrar um. Como tenho quadril largo, optei por um modelo que tivesse regulagem nos quadris. Até aí, ok, seria então o modelo “engana mamãe”. Mas, o problema foi encontrar modelos que coubessem na minha altura. Tenho 1,67m, o que não me faz uma pessoa nem baixa nem muito alta. Mas, por incrível que pareça, os maiôs ficavam curtos no meu tronco. Ou cobria embaixo ou em cima, mas nunca os dois. Fiquei bem irritada com isso. Já havia experimentado um na Salinas e tinha ficado ok, mas confesso que achei bem caro (R$277,00 na promoção!). Bem, mas continuei procurando e experimentando e finalmente encontrei um na loja Maria Flor.

Maiô modelo engana-mamãe

Meu namorado também comprou sungas para ele num preço bacana e qualidade idem. O que ele gostou bastante foi o fato de ter bastante variedade, para tudo quanto é gosto; Ele optou por modelos lisos com detalhes mas o que anda bombando por aqui são sungas estampadas.

Sungas da loja Corali

As saídas de praia aqui também tem seu lugar ao sol. Bastante opção e preços acessíveis.

Tem também moda praia infantil, mas essas eu não olhei e nem avaliei preços mas penso que também devem ter preços bons.

Vem ver o vlog e conhecer um pouquinho dessa rua comigo e ver meu rolé de um dia por Cabo Frio.

Bem, conclusão do meu passeio na Rua dos Biquínis é que vale a pena dar um pulinho por lá. Com o preço de um conjunto que compraria no Rio, aqui comprei ao menos dois. Além da enorme variedade.

Então, quem estiver aqui pelas Região dos Lagos, aproveita e passa lá para reabastecer a gaveta de verão. E para completar o passeio, vale uma caminhada pela orla do Boulevard Canal.

Beijoss,

Karine Dali

Mini férias em Arraial do Cabo (RJ)

Ah, férias…..quem não ama e quem não quer, não é mesmo? Bem, fazia tempo que eu não tirava férias e nem viajava. Mas, precisamente desde 2014, quando fui para Gramado (SC). Então, estava mais do que precisando.

Bem, tenho umas férias programadas para outubro, para Fortaleza e Jericoacoara, mas viajar nunca é demais. Decidi então passar uma semana de relax em Arraial do Cabo, uma cidade de praia, na região dos Lagos aqui no Rio. Vou pra lá desde que me entendo por gente, pois tenho um tio que mora lá.  Mas, a [ultima vez que estive lá foi em 2012 e já estava morrendo de saudades da cidade e dos meus tios.

Setembro ainda é época de baixa temporada por lá e também de muito vento, mas com os dias lindos de sol, dariam para aproveitar muito bem.

Bem, tem um vlog mostrando as coisas mais bacanas que fiz por lá durante uma semana, mas vou deixar aqui embaixo minhas dicas de onde se hospedar, onde ir e onde comer por lá.

Onde se hospedar

Pousada Canto da Árvore

Pousada Canto da Árvore

Rua Vereador Simas, 41 – Centro

tel: (22) 98803-2424 / 98803-1313 / 2622-2424

Onde comer

Quiosque Luz do Sol

Camarão na moranga

Onde: Na Praia Grande

Sorveteria Quasar (site

Onde 1: Na Praia Grande

Onde 2: Av. Almirante Paulo de Castro, nº 09, Loja B- Praia dos Anjos ( Próximo a Prefeitura)

Gabi Salgados & Doces

Onde: Rua Getúlio Vargas, 650 – Centro

Praias

Praia Grande

Praia do Forte – Acesso por trilha ou barco

 

As Prainhas – Praia da Escadaria (Pontal do Atalaia) – Acesso por trilha, carro ou barco

Prainha

Praia dos Anjos – Essa não é uma praia para curtir o sol, e mergulhar, apenas para caminhar na orla ou apreciar os barcos

De onde ver o pôr do sol

Da Praia Grande ou do Pontal do Atalaia

Bem, vem assistir ao vlog dessa viagem delícia para conhecer um pouco mais dessa cidade de sol, céu azul e mar de azul incrível.

Já esteve por lá? Mande dicas e sugestões de outros lugares bacanas.

Beijoss,

Karine Dali

 

Top 5 – Bebidas de Cafeteria

Eu ouvi café?? Sim, ouviu. Eu sou uma fã incondicional de café e de quase todos os tipos. Quer me convidar para um programa e ter a certeza de que não vou recusar, é só me convidar para ir numa cafeteria.

Sou desses tipo de pessoa que gosta de café na sua forma mais tradicional, como bebida gelada, sorvete, sobremesas e em outras variações que existir. Digamos que sou uma #coffelovers, do tipo “a louca do café”.

 

Então, nada mais justo do que eu ver meu top 5 das bebidas de cafeteria. Claro, sempre existe espaço para 6, 7 ou até mais incluídas nessa lista, mas não dá para citar todas senão vocês só vão parar de ler amanhã. rsrsrs

Mas, vamos ao que interessa e como vocês já sabem, aqui não tem ordem de preferência, pois só de já estar nessa lista, já tem todo meu respeito.

Frappuccino Mocha – Starbucks

Ah, esse frappuccino do Starbucks é meu preferido dos cafés gelados. Por vezes até experimento um novo sabor desses de “curta temporada”, mas o mocha é sempre o mocha. Ele tem a combinação perfeita entre chocolate e café. E, geladinho então, como é o caso do frappuccino, melhor ainda, pois se torna ideal para refrescar os dias quentes aqui no Rio.

O melhor, Starbucks tem no mundo todo!

Cappuccino – Kopenhagen

Um cappuccino de dar água na boca só de olhar para esta foto. A Kopenhagen acertou em cheio nele.Cremoso, com chocolate de verdade no fundo da xícara e uma explosão de sabor. Quem aqui também concorda?

Cappuccino – Paradis

Esse cappuccino da Paradis é outra que tem uma explosão de sabores. O detalhe especial fica por conta do chocolate belga que derrete enquanto você bebe o café. Não dá vontade de parar de beber e sim de pedir mais um depois que o seu termina.

A Paradis, para quem não conhece, é uma espécie de patiiserrie francesa e que tem doces incríveis. Seus macarons são sua especialidade e também meus preferidos.

Caramelo Mocha Gelado – Coffeetown

Eu não conhecia a Coffeetown até ir numa loja dela no bairro onde moro, Leblon, e foi amor ao primeiro gole. Essa bebida, feita com café, chocolate, caramelo e chantilly é dos deuses. Eu nem sou fã de caramelo pois acho enjoativo, mas quem gosta é a bebida perfeita. Ela é bem doce e para meu paladar é ideal para aquele dia em que eu preciso de um doce de qualquer jeito. Ela supre a vontade do doce e ainda de quebra me anima com o café de que tanto gosto.

Além disso, o lugar é muito charmoso, no melhor estilo cafeteria americana. Sentei lá, pedi uma bebida e um pedaço de bolo e comecei a trabalhar. Ahhh, adoro isso.

Pink Lemonade – Starbucks

Ok, ok, eu sei que essa bebida não leva café, mas aqui o top 4 são de bebidas de cafeteria, logo o pink lemonade do Starbucks tem lugar.

Muita gente não curte por achar um pouco ácida, mas eu adoro. Pra mim é refrescante e azedinha na medida certa. Além disso é leve e na minha opinião também digestiva. Pontos pra essa bebida rosa e com cara de refresquinho de verão.

Bem, gostaram desse meu Top 5? Alguém aqui também curte essas bebidas?

Bem, e eu fico por aqui e querendo saber quais são as suas bebidas de cafeteria preferidas.

Beijoss,

Karine Dali

..