A História da Camisa Canarinho

Se você é brasileiro, você tem ao menos uma camisa do Brasil no armário. Não conheço um que não tenha. E ao menos umas vez, de 4 em 4 anos, tiramos ela do ármário para vestir.

Bem, mas você conhece a trajetória da nossa camisa? Conhece a história dela? Eu  confesso que não conhecia até optar por esse tema para escrever este post.

Nossa camisa oficial nasceu em 1914, quando o Brasil jogou pela primeira vez como Seleção e usou uma camisa branca com faixas azuis  na região dos cotovelos e gola cadarço.

Foto: mantosdofutebol.com.br

Passou por pequenas alterações nas golas e listras até a sua primeira participação em Copas do Mundo em 1930 e permaneceu quase que inalterada até a Copa do Mundo de 1950, sediada aqui no Brasil.  Nesse mundial de 50, nossa seleção foi derrotada pelo Uruguai nas finais, perdendo por 2 a 1. Essa camisa branca passou então a ser sinônimo de azar.

Fotos: goal.com.br e mantosdofutebol.com.br

Depois desse triste fato, a seleção ainda jogou algumas vezes com a camisa branca até um concurso realizado em 1952 para a idealização de um novo uniforme que trouxesse mais sorte para nossos jogadores. Um jovem gaúcho de 19 anos, Aldyr Schiee, deu sua sugestão vencedora: short azul com uma listra lateral branca, meias brancas e camisa amarelo-ouro com faixas verdes nas golas e punhos. Esse uniforme foi usado então pela primeira vez nos Jogos Olímpicos de 1952.

Desenhos feitos por Aldyr Schilee para o concurso em 1952

Nascia assim a primeira Camisa Canarinho.

A partir daí, nossa Canarinho passou por inúmeras mudanças, mas nunca deixou de ser nosso uniforme número 1 e a camisa azul a número 2 e a branca nunca mais teve lugar.

Eu tive algumas camisas também, mas tenho uma em especial, que foi a da Copa do Mundo de 1998, que ganhei do meu pai e que uso até hoje. Foi a última Copa do Mundo que estive ao seu lado e essa camisa passou a ter um significada especial.

Copa do Mundo de !998

Mas, não posso negar que de todas as Copas, a que acho mais bonita não é a Canarinho, mas sim a azul desse ano, que só não comprei ainda por falta de verba. Mas, vou ficar torcendo para o Brasil chegar à final e jogar com ela…rsrsrsr.

E para você, qual a sua camisa especial, aquela que para você conta uma história?

 

Beijoss,

Karine Dali

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *