Simpatias para o ano novo – Quem nunca?

Final de ano chegando e como sempre eu já começo a pensar na noite de Reveillon. Onde vou passar a virada de ano, com quais pessoas, que roupa vou usar e por aí vai. Então, esse ano decidi dividir com vocês minhas mandingas, simpatias, crenças e “tradições” que estipulei pra mim mesma no decorrer da minha vida.

Vamos começar pelo mais simples, a roupa. Todo ano eu TENHO que usar alguma peça de roupa branca. Pois é, TENHO. Nós brasileiros temos esse hábito de usar branco por conta de crenças de nossos antepassados, mas há quem não use também. Mas eu uso. Daí eu vou revezando conforme meu humor do ano. Há alguns anos eu venho usando um look total white, mas esse ano resolvi voltar a usar branco mais um outra cor, aquela da vibração que quero para o ano seguinte. Então esse ano será branco + amarelo. Tá bom, né? Quero dinheiro, trabalho, paz, energias boas e tal. Alguém aqui já escolheu o look ou a cor que quer usar?

Segundo item da minha lista, calcinha. Essa é uma escolha fundamental para as mulheres. Que cor de calcinha usar? E, quem se beneficia disso são as lojas de lingerie, claro. Ano passado fiz até um post aqui no blog falando disso (http://pitacodelas.com/ja-escolheu-sua-calcinha-para-o-reveillon/ ).

Bem, desde que me entendo por gente a cor da minha calcinha é sempre rosa.Sim, rosa para não faltar amor. Confesso que sou daquelas que já usou calcinha rosa com fitinhas de várias cores amarradas nela para aproveitar a energia colorida, digamos assim. Louca? Quem sabe, mas não custa tentar a sorte. Eu acabei de lembrar que ainda não comprei a minha deste ano, ou seja, tenho que cumprir essa missão urgentemente. Vocês já compraram a de vocês?

E, tem agora aquele quesito mega super importante, as simpatias da hora da virada. Quem nunca fez alguma, não é mesmo? Eu tenho as minhas escolhidas de todos os anos e vou contar pra vocês quais são. Vamos lá.

Comer Lentilha

Aprendi com meus pais quando criança que o grão da lentilha parece uma moedinha, logo é bom comer lentilha para atrair fartura. Pode-se comer de várias formas, geralmente como misturadinha ao arroz ou tipo uma sopinha mesmo. Vai que a “moedinha” se multiplica né?

Pular Ondas

Bem, essa acho que quase todo mundo que passa virada de ano onde tem mar faz. Existem de várias formas pelo que já ouvi por aí, mas a minha é a seguinte: Seguro nas mãos algumas moedas e deixo bater nos pés 3 ondas. Bateu 3 ondas, jogo algumas das moedas no mar e faço um pedido. Repito isso 3 vezes. Logo são 3 pedidos. E jogo esses pedido para os céus para que eles aconteçam no momento certo.

P.S.: Só não vale pedir pra ganhar na mega sena sem jogar né? Porque até para milagres tem limites.,,,kkkkk

Aves que ciscam para trás

Não como de forma alguma aves que ciscam (andam) para trás, como por exemplo galinha e seus parentes. Andar pra trás nem pensar!!! Quero tudo que vá para frente e que seja positivo. Good vibes, please!

Romã

Comer romã também é bom dizem por aí. Eu sempre comi romã no dia 06 de janeiro, na simpatia dos Reis Magos, mas de uns anos para cá como também no Reveillon para atrair um dindin também. Vai que….

Roupa

Novamente no quesito roupa, não sei se é mandiga ou coisa que criei para mim, mas todo ano uso algo novo e algo “velho”. O novo sempre para atrair coisas novas e renovar as energias e o velho é para aquilo que foi bom no ano anterior permanecer.

#dicadaKarine

Brinde à meia-noite

Sabe aquilo que todos fazem todo ano, que é estourar uma garrafa de champanhe à meio-noite? Então, de alguns anos para cá eu não bebo mais bebida alcóolica, na verdade nunca fui de beber muito e com os anos fui diminuindo ainda mais pelo simples fato de não fazer falta em minha vida. Com isso, para não ficar de fora do brinde, decidi todo ano comprar uma garrafa de água com gás e brindar. Sei, vocês devem estar pensando “nossa, água com gás? Que coisa mais sem graça!!”. Mas, não é qualquer água com gás não. Escolho uma de garrafa de vidro, bem chique, e daquelas diferentonas que vendem nos mercados mais baphônicos, sabe?

Oração

Isso também é algo que não pode faltar. Depois de brindar com todos, desejar boas entradas, pular ondinhas e tudo o mais, tiro uns minutinhos pra mim, pra ficar quietinha e conversar com Deus. Agradecer por mais um ano que passou, por tudo que foi bom e tudo o que não foi também, pois serve de aprendizado. Pedir por toda minha família, pedir saúde, amor, paz, trabalho e que o ano que está chegando seja ainda melhor do que o que passou.

Bem, essa sou eu na noite de Reveillon e feliz por ter muitas histórias boas para lembrar.

E vocês, fazem alguma simpatia? Tem tradições que gostam de seguir? Tem manias e ideias como estas minhas?

Bem, vou ficando por aqui e desejando um feliz 2018 para todos nós. Desejando muito amor, paz, energias boas e muita história boa para viver.

Beijoss,

Karine Dali

 

 

 

Através da Íris – A peça mais esperada de 2018

Para quem não sabe, ;Iris Apfel é uma daquelas mulheres ícones da moda. Até aí tudo bem. Só que ela não é qualquer mulher e sim uma de 96 anos de idade!! Quem diria que uma mulher com essa idade pode ser um ícone dos mais importantes e respeitados do mundo no quesito estilo? Pois bem, ela pode.

Íris é não é apenas um ícone de estilo ela é antes de mais nada, uma renomada decoradora novaiorquina que assinou projetos de altas celebridades e da decoração da Casa Branca (pasmem!!) no mandato de 9 presidentes (pasmem ainda mais!). Ela, junto do marido, Carl Aprfel (falecido em 2015 com 100 anos), se consagraram nesse mundo da decoração com seu estilo único e de extremo bom gosto.

Conhecida por seu estilo exótico de se vestir, ela ganhou o mundo e o respeito das pessoas. Essa “jovem idosa” adora abusar de cores vivas, acessórios, peças excêntricas e usar tudo junto e misturado. Usa uma blusa de uma grife mega sofisticada com uma pashimina de uma viagem pra um lugar qualquer. Ela é assim. Simples, divertida e única.

Passou a ser reconhecida ainda mais depois que o Met (Metropolitan Museum of New York) apresentou uma exposição em sua homenagem, quando estava no auge e seus 84 anos.

Para ela, viver é essencial! E aproveitar a vida também. Não pensa nunca em se aposentar e acredita que esse é um dos segredos da felicidade, vitalidade e longevidade. Como não AMAR essa mulher espetacular?

Encantado por essa incrível senhora, Cacu Hygino, ator e escritor, resolveu escrever e dirigir uma peça em sua homenagem. Será um monólogo interpretado por Nathalia Timberg, atriz brasileira de 88 anos de idade. A atriz foi aprovadíssima foi Ïris por seu talento e muitos pontos em comum com ela. A peça tem estreia prevista para 05 de julho em São Paulo e já está sendo super falada e esperada. Eu mesma já estou aqui ansiosa, pensando em como ir para SP só para assistir. Acredito que será incrível, emocionante e uma grande lição de vida.

Nathalia Timberg e Íris Apfel

Na verdade, torço para que a peça chegue também aos teatros do Rio de Janeiro, mas caso não chegue……vou ter que dar um jeito de ir até SP.

Enfim, enquanto a peça não chega, existem muitos outras formas de conhecer a vida desta incrível jovem de 96 anos. Existem livros e até um documentário “Íris, uma vida de estilo”.

Fico por aqui desejando ter uma vida tão incrível e cheia de vida como a dela.

“É melhor ser feliz do que estar bem vestido.”

Beijoss,

Karine Dali

 

 

DIY Natalino – Biscoito de Gengibre

Como não amar época de Natal? Tudo ganha um ar diferente. As pessoas parecem mais felizes, músicas tocando nos shoppings e lojas, vitrines enfeitadas, receitas gostosas e confraternizações entre amigos e familiares. Tudo isso pra mim é encantador.

Além disso, meu aniversário é em 21 de dezembro, logo essa época do ano se torna ainda mais especial. A casa estava sempre decorada com árvore de Natal e enfeitinhos fofos.Entáo, decidi fazer um DIY natalino esse ano no meu canal do Youtube e pela primeira vez com receitinha.

Entáo, vamos a receita completa!!

Biscoito de Gengibre

Ingredientes Massa:

– 100 g de manteiga
– 1 xícara de chá de açúcar mascavo
– 4 colheres de sopa de mel
– 2 xícaras de chá de farinha de trigo
– 2 colheres de chá de gengibre em pó
– 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
– 1 ovo batido
– manteiga e farinha de trigo para untar

Modo de Fazer:

Numa panela, misture a manteiga, o açúcar mascavo e o mel e leve ao fogo baixo. Mexa com uma colher até ficar uma calda. Reserve.

Numa tigela, peneire a farinha de trigo, o gengibre e o bicarbonato de sódio. Misture com uma colher e acrescente a calda derretida e o ovo batido. Mexa até obter uma massa uniforme.

Cubra a tigela com um plástico filme e leve ã geladeira por cerca de 12 horas.

Preaqueça o forno a 180 graus (temperatura média).

Em uma superfície lisa e enfarinhada, abara a massa com um rolo até que fique com uma espessura de mais ou menos 0,5 cm. Corte a massa com um cortador de biscoito de qualquer formato ou até mesmo usando a boca de um copo.

Unte uma assadeira e coloque os biscoitos nela, deixando uma distância de mais ou menos 2 cm entre eles. Leve ao forno preaquecido por cerca de 10 minutos.

Retire do forno e deixe esfriar.

 

Ingredientes Glacê:

– 1 clara de ovo
– 1/2 xícara de chá de açúcar de confeiteiro
– corante alimentício a gosto e na cor de sua preferência

Modo de Fazer:

Numa tigela, bata ligeiramente a clara até obter uma espuma. Vá acrescentando o açucar de confeiteiro aos poucos, mexendo sempre, até obter um creme firme.

Reserve um pouco do glacê branco e no restante adicione corante até obter a cor desejada.

Enfeite os biscoitos da forma que desejar usando um saco de confeiteiro.

Agora é só se deliciar com esses biscoitos deliciosos!

Embrace – Filme

Não sei se alguém de vocês aqui já assistiu ao filme/documentário “Embrace” , mas se ainda não viu, pare por cerca de 1 hora e veja.

Esse filme estava na minha lista de filmes para assistir doNetflix e no meu voo de volta de Fortaleza para o Rio, decidi que era a hora (para quem não sabe, no app do Netflix você pode fazer downloads de filmes e séries e assistir offline); #ficaadica

A única coisa que sabia a respeito desse documentário é que era sobre a relação das mulheres com seu próprio corpo.  Até aí, ok. Inúmeras revistas, sites e programas de tv abordam esse tema atualmente, mas não sabia que seria tão rico em informações e histórias de vida.

A minha ideia não é fazer spoiler do filme aqui, mas sim, alertar mais uma vez para o fato de como temos a nossa auto imagem completamente distorcida e devastadora de nós mesmas. E por que? Porque os meios de comunicação nos faz acreditar que o padrão de beleza perfeito é ser alta, magra, linda, de olhos claros e bem sucedida? Isso é ser perfeita? Será mesmo?

Esse documentário mostra histórias reais de conquista pelo corpo perfeito que não levou a felicidade plena, história de anorexia, de superação, de mulheres sem seios, com deficiências físicas e ainda assim completamente lindas. São lindas pelo simples fato de serem mulheres e estarem felizes por dentro e por fora. Por passarem a se aceitar e se amar exatamente como são;

Tem também aquelas que ainda estão no processo de se amarem, assim como eu tento diariamente.

E uma das coisas que o filme mostra é que mulheres muito bem sucedidas e famosas, aquelas que vemos na tv, cinema e revistas, muitas vezes são infelizes, simplesmente por pressão externa, cobranças mil e por terem suas vidas julgadas a todo instante. Por que permitimos isso? Será que no mundo existe alguém 100% perfeito? Por que nós mulheres não apoiamos mais umas às outras ao invés de nos agredirmos com olhares e muitas vezes palavras culposas e agressivas?

Eu estou nesse meu processo de me criticar menos e me amar mais, mas confesso que não é fácil. pelo contrário, é difícil pra caramba deixar o olhar crítico e julgador pra trás. Mas, como eu disse, é um processo.

Então fica aqui minha dica de filme que todos, sim TODOS deveriam assistir, não apenas nós mulheres, mas homens também para aprenderem que não somos loucas ou dramáticas, mas sim pessoas que vivem sobre pressões diárias, pois muitos deles não entendem.

E aproveito para deixar outras duas dicas, um outro filme que assisti ontem, nacional, chamado “Gostosas, lindas e sexies” e acompanharem o grupo “Um papo sobre autoestima”, criado pelas amigas Carla Paredes e Joana Canabrava, que estão fazendo um trabalho incrível com mulheres reais em prol do “se ame como você é”.


Carla e Joana – Um papo sobre autoestima

Beijoss,

Karine Dali

Giro pela Moda – Outubro

O “Giro pela Moda” de outubro chegou!! E com ele novidades e dicas de eventos bacanas que vão rolar nesse mês.

A maior novidade nesse mês é que agora, em todo “Giro pela Moda”eu vou dar 5 dicas de filmes para quem ama moda e cinema também, né>! Serão filmes novos, antigos, variados mas sempre com o foco no figurino, pois para quem não sabe, além de ser formada em moda, também sou pós-graduada em figurino,, então esse é um tema que muito me interessa, digamos assim. rsrs

Vem ver o vídeo e aproveita pra se inscrever no canal e clicar no sininho para ficar por dentro das novidades que sempre aparecem lá no meu canal. 😉

INSERIR VIDEO

Mas, vamos ao que interessa…rsrsrs.

Esse mês vai rolar dois eventos muito bacanas que são o Veste Rio e o Minas Trend. O primeiro está em sua 4a edição e eu acompanho desde a 2a e posso dizer que adoro. Já o segundo, está em sua 21a edição, que será comemorativa de 10 anos do mesmo.

 

Eventos

Veste Rio

Esse evento está em sua edição e mais uma vez vai acontecer no Pier Mauá.

Dias: 25 a 27 de outubro

Local: Armazéns 2, 3 e 4 – Pier Mauá – Zona Portuária
Av. Rodrigues Alves, 10 – Rio de Janeiro,

Valor: Gratuito

Site: www.vesterio.rio

 

Minas Trend

Evento que está em sua 21a edição e comemorando 10 anos de existência.

Dias: 03 a 06 de outubro

Local: Expo Minas – Belo Horizonte (MG)

Valor: necessário cadastro no site para credenciamento

Site: www.minastrend.com.br

 

Filmes do mês para quem ama moda

O Diabo veste Prada

Ano: 2006

Gênero: Comédia dramática

Figurinista: Patricia Field

Cinderela em Paris

Ano: 1957

Gênero: Musical

Figurinista: Edith Head

Sex and the City

Ano: 2008 e 2010

Gênero: Comédia

Figurinista: Patricia Field

Piscilla, a rainha do deserto

Ano: 1994

Gênero: Drama musical

Figurinistas:Tim Chapped e Lizzy Gardiner

A vingança está na moda

Ano: 2016

Gênero: Comédia Dramática

Figurinistas: Margot Wilson e Marion Boyce