I Love Musicais!

Desde que sou bem pequena gosto de filmes e peças musicais. Lembro que alguns filmes como Mary Poppins e Noviça Rebelde eu assistia 50 mil vezes seguidas incansavelmente e decorava as músicas e danças. Passava horas e horas vendo. Conforme fui crescendo e me tornando adolescente, fui gostando cada vez mais, pois os filmes musicais não eram apenas os infantis, mas os adolescentes e adultos também, o que ampliava bastante o repertório. Esses tipo de filme e peça me fascina e encanta e me faz “viajar” e sonhar junto. E cada vez que lançava algum novo eu corria para ver.
Bem, esse ano o La La Land veio com tudo e mais um pouco e resgatou o musical clássico, aquele mais puro, mais suave e ainda por cima fazendo homenagem há vários outros clássicos musicais que fizeram história. Acho que essa é a pegada maior pelo qual o filme está sendo tão bem cotado. A gente viaja junto na história, Vê uma história de amor que faz chorar e que nem sempre terá um final feliz ou esperado, que o figurino simples se torna gigante dentro de todo o contexto, que as músicas ficam na cabeça e a gente sai do filme com vontade de dançar junto. Esse filme também trouxe de volta os mais clássicos passos e estilos de dança. Trouxe de volta a paixão e a curiosidade pelos musicais.

O filme musical surgiu após a crise de 1929, onde nos EUA havia a necessidade de algo novo e inovador para levar novamente o público abalado e sem dinheiro ao cinema. Até então, o ciemra era apenas mudo e as novas tecnologias da época levaram o som aos filmes, o que fez com que som e imagem andassem juntos e desse nova dimensão aos filmes. E foi assim que nasceu o gênero musical em 1927, com o filme “The Jazz Singer”. E, esse também foi o primeiro filme falado da história do cinema. E, a partir de então foi surgindo o cinema em cores e caminhando até os dias de hoje onde o cinema não tem limites.
Eu amo os musicais como falei logo acima e aproveito para dividir com vocês meus top 5 e confesso que foi difícil escolher pois são muitos.

A Noviça Rebelde {1965}

Grease – Nos Tempos da Brilhantina {1978}

Dirty Dancing {1987}

Mamma Mia {2008}

Mary Poppins {1964}

Além desses, tem muitos outros como “Annie” {1982}, “Sete Noivas para Sete Irmãos” {1954}, “O Pequeno Polegar” {1958}, “A Bela e a Fera” {1991}, esse já estou mega ansiosa para ver o novo filme agora em 2017 e já até comprei ingresso antecipado, dentre outros, que me remetem a infância e que fazendo esse post, me deu muita vontade de assistir novamente porque simplesmente adoro.
Enfim, exitem muitos outros que ainda não assisti como o clássico “Cantando na Chuva”, que pretendo ver em breve. Quem tiver dicas de filmes musicais para me dar, escreve aqui nos comentários que serão, com certeza, dicas muito bem vindas.
E, fico por aqui torcendo para que muitos outros La La Lands aparecem nas telonas e que encantem a mim e muitos outros amantes desse estilo.

Beijos,
Karine Dali

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*