Veste Rio – 3a edição

Na semana passada, dos dias 26 a 30 de abril, aconteceu aqui no RJ, nas especificamente no Pier Mauá, na zona portuária, o Veste Rio, que é um evento que valoriza a moda em todas as suas formas, ou seja, como comportamento, estudo, negócios e conceito.

O Veste Rio está em sua terceira edição e mais do que nunca veio mostrar a força do Rio de Janeiro na moda tanto nacional quanto mundial. Em parceria com o Caderno Ela, do jornal O Globo e da revista Vogue, o evento vem crescendo a cada edição. O mesmo já acontece 2 vezes ao ano e atrai um público grande e variado, desde crianças a adultos, profissionais da moda a estudantes, curiosos e antenados e gente que apenas curte um programa bacana e gente bonita.

A moda aqui é tratada com respeito e tem grande importância no mercado carioca. Mostra marcas nascidas aqui e de grande expressão e muitas outras marcas iniciantes mas com grandes ideias e vontade de fazer acontecer. Valoriza também o estilista nascido e criado aqui e mostra como o Rio de Janeiro pode sim ser um grande diferencial na moda do país além de um grande gerador de empregos. Basta que se aposte e acredite na qualidade do que se faz aqui dentro.

Algo muito bacana que teve de especial nessa edição do Veste Rio foi o lançamento do selo “Moda Rio”. que é um selo de originalidade e que valoriza tudo que é criado aqui e que traz nosso life style e identidade. Ou sejja, “quanto vir essa marca já sabe que é da indústria do Rio”. Para saber mais, acesse o site do projeto.

O evento teve de tudo um pouco. Salão de Negócios para profissionais da área, pessoas do comércio e desfile apresentando as tendências para a primavera/verão 2018. Além disso tiveram palestras com grandes nomes do nosso mercado, uma área com muitas lojas outlets (que é a área preferida da maioria) e gastronomia variada nos food trucks.

Uma das coisas que mais curto fazer nesse tipo de vento é assistir às palestras e me atualizar quanto ao que rola de novo no mundo da moda. Eu tive o prazer de assistir a 3 delas no sábado e todas abordando assuntos diferentes mas muito interessantes. Uma foi com a equipe do Caderno Ela, onde falaram da importância da moda para o pais e principalmente aqui no Rio de Janeiro. Uma coisa que eu não sabia é que esse caderno é totalmente carioca, feito por pessoas daqui e que valorizam tudo que é feito e criado aqui dentro. No site, eles abrem o leque, mas no jornal escrito tem a carioquice autêntica na alma e no jeito de escrever.

Já em outra palestra o assunto abordado foi vida de modelo, onde 3 modelos de sucesso hoje no mercado contaram como é ser modelo nos dias de hoje, onde a fama é muito momentânea e as mídias sociais influenciam e muito essa profissão.

A 3a e última palestra que assisti foi sobre a nossa moda praia, como ela está posicionada hoje no mundo, como se manter e se reinventar em épocas como o inverno e por aí vai. Essa foi uma palestra que muito me interessou, pois amo moda praia e ter nomes como Jaqueline di Biase, da Salinas e Sharon Azulay, da Blue Man na sua frente falando com propriedade de algo muito típico do nosso life style e que eu adoro foi muito bom. Além disso, são marcas que eu amo e consumo desde adolescente e que já tive o prazer de assistir a desfiles.

Quanto a área de outlets… bem, um episódio à parte. Tem muita gente só vai ao evento apenas por isso, mas confesso que dentre muitos descontos isso nem é o que mais me interessa. Comprei sim uma blusa na Farm, mas só. Quanto mais cedo, mais vazia é esta área, porque depois do almo;co ficam filas e filas nas portas. E daí, fujo mesmo.

A gastronomia apesar de ser em food trucks, é bem variada. Vai de hamburgers à risotos, passando por doces e cervejas artesanais. Um mix bem apetitoso.

Bem, ficou curioso? Dá uma olhadinha no vlog que fiz e que está no meu canal no Youtube. E aproveita e se increve para receber as novidades que forem surgindo.

Beijoss,

Karine Dali

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*